Família

30/03/2020 11h00

Tão Longe, tão perto

Como manter a saúde das relações neste momento de grande ampliação de tempo de convivência?

Por Nosso Bem Estar

Pixabay
Design sem nome

Tão Longe, tão perto

Além do problema de saúde imediato causado pela pandemia do covid-19, existem outros desdobramentos que também são desafiadores, e que devem ganhar atenção para que não dificultem ainda mais esse período de recolhimento.

Apesar da convivência ser algo buscado quando se mora na mesma casa, quando ela acontece em momentos extremos, como o que estamos passando, pode gerar atritos, discussões e desgaste nas relações. E não estamos falando somente de casais, vale para pais e filhos, irmãos e outros laços afetivos, que podem sofrer com o “excesso de convívio”.

Por isso adotar alguns hábitos sob o mesmo teto é tão importante para passarmos por esse momento de forma mais leve e harmoniosa. Preparamos algumas dicas que podem ajudar. Confira.

Não caia na armadilha de romantizar

A primeira dica diz respeito ao seu comportamento com você mesmo durante o período de isolamento social. As redes sociais podem ser aliadas, mas também funcionar como um gatilho para a ansiedade e a depressão. Ideias maravilhosas de como aproveitar o momento para passar mais tempo com o seu filho, ficar mais próximo do seu companheiro (a), cuidar de si com tratamentos estéticos, fazer exercícios, entre outras, muitas vezes, podem ser difíceis de se seguir e gerar frustração.

“Romantizar” esse período pode ser uma porta de entrada para sentimentos negativos adicionais ao estresse e ansiedade que, naturalmente, se fazem presentes na rotina de cenário de pandemia. Não se engane: convivência está longe de ser fácil, requer paciência, diálogo, concessões -  e tudo bem se você não conseguir ter sucesso o tempo todo.

Estabeleça uma rotina de trabalho

A organização de vida muda drasticamente durante uma pandemia, e quem sente mais são aqueles que têm uma rotina fora de casa. Mesmo assim, é importante tentar, dentro do possível, seguir alguns hábitos e atividades que vão ajudar a passar os dias de forma mais organizada.

Se você está em home office, prepare um ambiente para ser seu escritório. Para casais que estejam ambos trabalhando de casa, é válido organizar duas estações de trabalho separadas.

Preserve a individualidade

Não é porque vocês estão o dia todo dentro de casa que precisam fazer absolutamente tudo juntos. Independentemente de com quem você more, busque ter momentos só seus. Por exemplo, você costuma treinar de manhã? Continue com esse hábito, e adapte os exercícios para fazer em casa.

Algum dia da semana é reservado para sair com os amigos, bater papo? A tecnologia pode ajudar a não deixar de lado esse momento de lazer. Combine um horário, vá para um cômodo da casa com privacidade e faça uma vídeo-chamada.

As crianças estão sem escola, mas você pode dividir o tempo com seu companheiro (a)? Faça isso, leia um livro, assista algo enquanto você está no seu momento livre.

Pratique o diálogo

Casamentos, filhos adolescentes, pais: todas as relações tendem a sofrer impacto com um período de convivência forçada. Diferenças na rotina, na forma de lidar com situações do dia a dia, hábitos que não se conversam - tudo, até mesmo coisas mínimas podem desencadear reações desproporcionais devido à carga de estresse.

Por isso, praticar o diálogo é sempre o melhor caminho – não só para reparar situações de embate, mas, principalmente, para evitá-las. Faça acordos, divida tarefas domésticas, combine como será a rotina durante os dias de isolamento social. Converse!

 

 

Dica extra: como se portar diante da convivência virtual?

O período de quarentena trouxe, pela primeira vez para muitas pessoas, o home office. Assim como com qualquer outra mudança de rotina, você também precisa de um período de adaptação, e ficar atento a alguns comportamentos é importante para manter a qualidade da sua produção e das relações de trabalho à distância.

Procure obedecer ao horário comercial definido pela empresa, e, na medida do possível, manter a mesma rotina de trabalho de quando está no escritório. Cuide com as redes sociais: mensagens no Whatsapp que não são relacionadas ao trabalho podem esperar, assim como postagens e outras distrações. Lembre-se: você está em casa, mas está trabalhando.

Além disso, seja responsável com as informações que compartilha. As fake news sobre o covid-19 estão por toda a parte, e é preciso ter cuidado para que a convivência virtual, ainda mais frequente nos dias de hoje, não seja uma ferramenta de propagação. Analise as informações, desconfie de discursos radicais, cheque a veracidade e não cause pânico entre seus amigos e familiares. As informações falsas são um desserviço para a saúde e bem-estar físico e psicológico das pessoas.

X